segunda-feira, julho 17, 2006

Estou?

Hoje estou e não queria estar.
Falo mas é o silêncio que me apraz,
Como mas não tenho fome...
Visto-me de branco e penso em vermelho,
Sorrio mas apetece-me a antipatia.
Vou dormir sem sono e

Tomo banho sem a água me molhar.
Sinto o vento mas quero a chuva,

Hoje estou mas não queria estar!

4 Comments:

At terça-feira, julho 18, 2006 11:25:00 da manhã, Blogger asna said...

Então querida Maçã?

O que se passa? estás ou não? Comes ou não? Dormes ou não?
Acabaste de regressar de férias!! Não era suposto as férias fazerem-te bem? Pensei que vinhas carregadinha de energia!!!
Vá lá, anima-te que isso passa. Todos nós temos dias "nãos". E olha que alguns são mesmo "nãos".
Sabes o que é bom? A seguir a uma tempestade vem a bonança. A tua está prestes a chegar, ora olha...
beijinho

 
At terça-feira, julho 18, 2006 5:26:00 da tarde, Blogger Maçã de Junho said...

Asninha: Estou, como dizem os açoreanos, com desconsolo iminente... Como se estivesses a comer gelado de chocolate e afinal querias de morango, cantas Sinatra e soa a Ella, dás um beijo e alguem sente uma dentada... Não é falta de energia, é desconsolo!

Mas acho que ja está a passar, sinto já o efeito do teu beijinho...

 
At terça-feira, julho 18, 2006 9:00:00 da tarde, Blogger asna said...

Passei para ver se o desconsolo tinha passado!!!

Deixo-te um pensamento apropriado ao teu (des)consolo:
«Os nossos pais amam-nos porque somos seus filhos, é um facto inalterável. Nos momentos de sucesso, isso pode parecer irrelevante, mas nas ocasiões de fracasso, oferecem um consolo e uma segurança que não se encontram em qualquer outro lugar.»
(Bertrand Russel)

 
At quarta-feira, julho 19, 2006 11:51:00 da manhã, Blogger António Almeida said...

"Esta insatisfação
Nao consigo compreender
Sempre esta sensação
Que estou a perder"
(António Variações)

Vá lá... sorri!

 

Enviar um comentário

<< Home